• melody erlea

bee and puppycat: um desenho pra adultos que cresceram a contra-gosto



bee and puppycat foi meu refúgio fantasioso das últimas semanas, e será pra todos os órfãos de adventure time e steven universe. embora não tenha a mitologia complexa dos dois desenhos super populares mencionados, a atmosfera é muito parecida - as paletas de cores, que parecem um sonho (queria ter uma tv gigante pra assistir e poder mergulhar naquele universo, ou projetores que fizessem todas as paredes do meu apartamento virarem a ilha onde bee mora), o traço fofo demaisssss da animação, socorro, é muita fofura, e a mistura meio doida de realidade e fantasia que só os melhores desenhos conseguem fazer.


além disso tudo, aquela mistura de doçura com algo nas entrelinhas que é obscuro, amargo e perigoso é o tipo de coisa que faz me coração bater quentinho.


pega essa: bee é uma mulher adulta que mora sozinha num apartamento meio studio, um cômodo e um banheiro. ela não tem cozinha porque o aluguel fica mais barato e ela odeia cozinhar, além de odiar toda uma série de coisas da vida adulta (ser demitida por ficar cochilando no armário do trabalho é uma das consequencias de sua imaturidade - me lembrou de leve a ilana, de broad city, só que menos maconheira e muito muito muito mais fofa). ela tem um bichinho-amigo que é mágico e veio de lugares misteriosos por razões misteriosas, mas ele consegue arranjar pra bee esse rolê muito maravilhoso de trampos temporários numa dimensão mágica (outra coisa em comum com a ilana, trampar nessas vagas de um dia só pra substituir alguém ou dar uma mão extra).


é maravilhoso porque ela ganha uma roupinha de trabalho nova em cada job (ela odeiaaaa as roupas e eu fico babando) e conhece altos planetas doidos, mágicos e cheios de trabalho a ser feito, pelo qual ela é paga e vive a vida. ai que sonho.


bee mora numa ilha e paga aluguel ao seu vizinho de baixo, uma criança de 7 anos. ela também tem como vizinhos uma família de muitooooossss irmãos (e uma irmã) com quem já trabalhou (antes de ser demitida por dormir) e de quem é muito amiga, em maior ou menor grau dependendo do irmão.


as relações da ilha parecem ser bastante harmônicas - o grande conflito são umas mãos misteriosas que perseguem bee e puppycat pelos planetas mágicos nos quais vão trabalhar - mas a narrativa é toda forrada com um feeling bem melancólico, triste mesmo.


fica muito latente a falta de pais presentes: bee mora sozinha e às vezes fala de seu pai, que sumiu? morreu?, o pequeno menino de 7 anos proprietário teve que assumir todas as responsas da casa porque sua mãe tá num sono profundo há tempos e ninguém parece achar isso estranho, e a família de irmãos não parece ter pai nem mãe.


tem uma questão da solidão desses personagens que tá sempre ali, presente, por mais que eles tenham uns aos outros.


e, socorro, o figurino da série é lindo demaissss! eu amo que a bee (e os outros personagens também) repete roupa e varia a combinação de peças - e de penteados! tipo essa saia rosa plissada que ela usa algumas vezes



e o suéter com a abelhinha que ela repete à beça também.



e a bolsa de berinjela que o puppycat dá de presente pra ela e ela usa várias vezes depois disso



e tem essa saia de lacinhos que também aparece mais de uma vez...



e aí não resisti, heheh, tive que fazer uma releitura dos luquinhos dela. fiz o que pude com um guarda-roupa exponencialmente menos fofo do que o dela, mas acho que ela aprovaria.



não tenho saia de lacinho mas tenho essa plissada toda linda que achei que combinou com a da bee. pra garantir o toque-fofura, competei com essa sandália okobo&abel que foi uma das coisas mais maravilhosas que eu comprei nos últimos tempos! um mix de estampas pra deixar a coisa mais divertida e um luquinho colorido que eu amei como não amava há tempos!



esse originalmente foi pensado com uma calça, pra combinar ainda mais com o visu da bee, mas tava calor demais no dia das fotos e optei pela minissaia de couro. a estampa memphis da camisa e a meio psicodélica da bota tão aí represetando a estampa e as cores na roupa da bee. eu amei e usaria esse luquinho mil vezes!



esse foi mais uma interpretação livre: inverti as cores da saia e da blusa, mas mantive as pregas da saia. a sandália de bolinha de novo dá o toque divertido e fofo do look, e as meias deixam tudo com a cara mais anime??? sei lá, eu achei???

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone YouTube
  • Black Pinterest Icon
  • Preto Ícone Tumblr
  • Preto Ícone Spotify

RECEBA A NEWSLETTER