• repeteequipe

Convoque seu Buda: chegou a temporada de Peixes

Por Thais Lucena


Hoje o astro rei passa da elétrica e libertária consciência aquariana para nadar no fundo do mar com os peixinhos de Iemanjá. Sol em Peixes, meu Brazel. E o ciclo astrológico inicia agora o começo do fim.


"O começo do fim" parece trágico, né? Mas diriam as poetas que tão importante quanto saber começar é saber terminar. E Peixes vem pra trazer também essa lição. Eu tenho na cabeça que o ensinamento de "fim" de Peixes é bem diferente do ensinamento que a vida me ditou que seria.


Muitas vezes um fim era visto como um ponto.


Por exemplo, fim de um relacionamento. Acabou e ponto. Fim de um trabalho, acabou e ponto. Fim de uma vida, acabou e ponto.


No entanto, com o olhar de pisciano de fim entendi que o ponto não precisa ser final, mas pode ser reticências. Nada acaba de uma hora pra outra. Tudo passa por um processo de fim.



Uma fruta " vai estragrando" até estar podre. Uma planta "vai morrendo" até estar seca. Um relacionamento "vai terminando" até que acabe de verdade. E acho que essa consciência traz duas qualidades que a outra não traz: calmaria e aceitação. Porque afinal, se as coisas não acabam de uma hora pra outra, estar atenta às situações, aos sinais, aos tempos traz a calma de quem contempla e a aceitação de quem diz sim pro processo - ou ainda mais de quem se propõe a mudar porque disse "sim, está acabando".


Portanto, pra essa mudança solar, temos muitos aprendizados. Além das características famosas da temporada como percepção da intuição, espiritualidade, dilatação do tempo, Amor Altruísta, artes e músicas, compaixão, temos também o novo entendimento do fim.


Afinal, é em Netuno e na casa 12 que a gente vê as internações em hospitais, as passagens entre os planos de existências, as meditações e orações que trazem fins a tantos desperos e acima de tudo a ligação entre tudo que está vivo pela simples vibração de ser. Pra essa temporada, "desperte seu Buda", como diria Criolo, e aproveite o melhor dos seu processos de fim que estão por vir.


De representante da temporada temos Marta Vieira da Silva, a maior jogadora de futebol brasileira e considerada uma das mais talentosas na história do esporte. Nascida no interior de Alagoas, a atacante rodou o mundo e defendeu times no Brasil, Suécia e Estados Unidos, além da seleção brasileira. Seis vezes eleita a melhor jogadora do mundo, Marta é um ícone do esporte. Conquistou duas vezes os Jogos Pan-Americanos além de três títulos da Copa América. Foi vice-campeã da Copa do Mundo em 2007 e conquistou duas vezes a medalha de prata nos Jogos Olímpicos.



Marta também é a primeira atleta a marcar gols em cinco edições diferentes da Copa do Mundo. A primeira copa dela foi aos 17 anos, em 2003 (três gols), depois esteve presente nas edições de 2007 (sete gols), 2011 (quatro gols), 2015 (um gol) e 2019 (dois gols). Em 2015, superou Pelé, o Rei do Futebol e tornou-se a maior artilheira da seleção brasileira. Atualmente, possui 117 gols. Pelé tem 95 com a camisa do Brasil.


A atleta teve uma infância humilde no interior de Alagoas. Para ajudar no sustento de casa, dividia o tempo entre os campos e o trabalho de “carroçagem”, nome dado à atividade de empurrar um carrinho de mão com produtos em uma feira da região. Ela também vendia roupas e sacolés e aceitava os demais serviços que encontrava na feira, além de lavar pratos na casa das famílias de amigas para ganhar algum valor que ajudasse em casa. Em 2018, a ONU nomeou Marta como Embaixadora da Boa Vontade para mulheres e meninas no esporte.


Como exemplo de superação no esporte desde a infância, Marta é uma inspiração para jovens atletas e símbolo da luta pela igualdade de gênero no esporte. A jogadora, desde então, dedica-se a apoiar o trabalho das mulheres no esporte pelo mundo. Além disso, ela também inspira mulheres e meninas a superar barreiras e seguir seus sonhos em diversas outras áreas.


Pisciana que é, tem sua história hoje contada aqui no Repete Roupa pra lembrarmos que onde temos Peixes e Netuno é onde vemos nossos sonhos, onde superamos tudo por conta de um ideal, onde nos doamos inteiramente e arduamente em prol desse objetivo maior e acima de tudo, onde abrimos as portas da nossa Alma pra concretizar aquilo que vai no nosso coração.


Aproveite a temporada!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo