• melody erlea

cry baby: uma nostalgia musical camp



cry baby começa com alunos de um high school na fila pra tomar vacina, uma cena extremamente satisfatória em 2021. o filme é de 1990 e se passa nos anos 50, então a vacina que eles tão tomando é pra pólio - mas a gente fecha os olhinhos e imagina que é pra covid e fica tudo bem :3⠀

é na fila pra vacina que allison, a garota dourada do grupinho do "caretas" da escola, se apaixona por cry baby (johnny depp), o líder do grupo dos rebeldes, e diz a primeira fala do filme: "eu tô tão cansada de ser boazinha".⠀


e, convenhamos: quem não ia cansar de ser boazinha ao ver o johnny depp baby de tudo, carinha barbeada como só se sabia fazer nos anos 90, jaqueta de couro, topete brilhoso e uma lágrima solitária no canto de seus olhos? ⠀

cry baby é órfão e mora com seu avô - ninguém menos que o iggy pop -, sua avó e sua irmã pepper. ao lado de seus amigos wanda, mona e milton, eles são os párias da escola, considerados arruaceiros e má-companhia porque vivem na parte pobre da cidade, gostam de rock and roll e preferem jaquetas de couro e saias lápis à saias rodadas de debutante. ⠀


os adolescentes caretas, por outro lado, são os verdadeiros mau elementos - se vestem de maneira conservadora e monótona e frequentam brunch, mas são violentos e intolerantes, incitam brigas e bolam maneiras de ferrar os rebeldes.⠀

o filme parece uma mistura de grease com footloose, só que - tendo saído do cérebro adoravelmente pervertido de john waters - mais escrachado, exagerado e engraçado.⠀


além de tudo isso, esse filme tem a cena de beijo mais sensualmente repugnante da história do cinema, curiosamente ao mesmo tempo nojenta e um completo tesão, uma coisa que só john waters conseguiria fazer - cry baby ensina allison a beijar de língua (uma cena tão delícia que coloquei 3 frames dela na galeria), e aí temos uma sequência de beijos de língua diversos, estranhíssimos mas 100% apaixonados e sinceros. ⠀


dá até saudade de ir numa festinha e beijar na boca sem pensar no amanhã, hein?⠀

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo