• melody erlea

ladies and gentlemen, the fabulous stains: uma pérola punk



imagina juntar uma das poucas roteiristas mulheres em hollywood da década de 70 com o baixista do clash e o guitarrista e o baterista do sex pistols pra fazer um filme sobre punk e feminismo? imagina colocar uma das maiores artistas feministas da época, participante ativa do movimento punk, como consultora criativa e criadora dos figurinos e maquiagem? aí imagina colocar duas jovens atrizes brilhantes em começo de carreira protagonizando????????


IMAGINA????? pois esse filme existe - é a pequena pérola de 1982 "ladies and gentlemen, the fabulous stains", com diane lane como corinne, vocalista e líder das stains, um power trio punk que ela formou com sua irmã e sua prima (uma incrível e novinha laura dern)!


dirigido por lou adler (ele produziu rocky horror picture show, dirigiu um filme do cheech&chong e fez trilha sonora de várias coisas, incluindo space jam - o original - e era uma vez... em hollywood) e escrito por nancy dowd (sob o pseudônimo rob morton), o filme conta a história das 3 garotas e seu caminho, meio acidental, ao estrelato.

lidando com a recente morte da mãe e tendo que sobreviver sozinha com sua irmã, corinne e suas companheiras de banda conseguem, meio sem querer, ser contratadas como banda de abertura na turnê nacional de uma banda meio decadente de glam rock, the metal corpses (os cadávares do metal em tradução livre, representando bem o feeling da banda morta sobrevivendo aos trancos e barrancos). também na turnê está a banda de punk inglesa the looters - formada por paul simonon, baixista do clash, paul cook e steve jones, baterista e guitarrista dos sex pistols.

as stains não parecem muito promissoras de início, mas acabam caindo nas graças de uma jornalista local, que passa a televisionar entrevistas com as garotas e noticiar os dias e locais de seus shows. a postura agressiva e honesta de corinne, seu discurso contra os padrões e normas de vida para mulheres e sua clara resistência a ter seu corpo objetificado atrai garotas adolescentes por onde ela passa, e uma legião de garotas vestidas como as stains passa a lotar os shows.

rapidamente elas passam de banda de abertura para atração principal da turnê, tudo na base de luquinhos incríveis, ideologia feminista e trilha sonora punk mágica (a canção que vira o hino das stains, join the professionals, foi escrita pelos meninos dos sex pistols pra nova banda deles, the professionals, e a maior parte do resto das músicas foi escrita pelo músico barry ford, que atua no filme como o empresário e motorista do ônibus de turnê, conhecido como lawnboy). não há NADA que você pode pedir além disso em uma hora e meia de história.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo