• melody erlea

NÃO AGUENTO MAIS A CIDADE - uma semana de visus praieros em sp

cara, né por nada não, mas tem uma hora que não dá mais.

sabe quantas vezes eu fui à praia em 2017? uma. uminha lá na semana 2 porque mamãe querida me levou prum bate e volta. e sabe o que? TAVA CHOVENDO. entrei no mar mesmo assim não me importo com chuva ou sem chuva eu ia ficar molhada do mesmo jeito, mas o objetivo da história é: eu não aguento mais a cidade.

nesse fim de ano fiquei aqui todos os dias, e se por um lado é bom - cidade vazia, trânsito massa, tempo livre - por  outro foi difícil pra mim esse ano me desligar um pouco e curtir a folga. fim de ano turbulento, muitos sentimentos ruins, e acabei ainda não conseguindo me des-estressar, relaxar ou sequer genuinamente me divertir.

então na primeira semana de 2018 decidi que se não vou até a praia e a praia também não vem até mim, nada melhor que fingir com roupa. então você aí que também tá com os biquinis e os maiôs encostadões sem uso, cola na minha que o post de estréia de 2018 teve 5 visus de roupa de banho na cidade grande.

e, né, seria melhor se tivesse tido, né, um marzinho, um mergulho, uma areia nos meus pés e dentro de todos os meus orifícios (não sei vocês mas isso acontece comigo, taí uma vantagem de NÃO estar na praia), masssss teve eu me vestindo como se houvesse qualquer possibilidade de encontrar uma praia virando alguma esquina cinza.

ps: tô aceitando convites pra ir pra praia terça, 2 de janeiro

no dia 1º fiquei de boa com meu maiô da virada, e foi ele que me fez querer me vestir só de maiô o resto da vida. foi nessas que eu pensei WHY NOT e montei esse visu mais adulto e discreto: a graça tá no biquini de bolinha aparecendo por baixo da transparência da blusa - um mix de estampas discreto e inusitado. tô de férias então deixei essa blusinha kimono com um decotão e o biquini apareceu, também, de leve, no decote. 

essa saia cinza era uma saia longa, que comprei uns anos atrás mas não usei porque me "marcava". passei pra hermana que dispensou pelo mesmo motivo, e semana passada tive um estalo de tentar encurtá-la e ver se eu gosto de usar. tô mega na dúvida, qq cês acham? tento usar mais ou passo adiante? (semana passada perguntei sobre uma calça preta e todas que responderam disseram que eu devia tentar ficar com a calça, e eu obedeci! obrigada pelos conselhos valiosos, gente).

a blusa kimono é outra que me deixa meio na dúvida. não sei se super gosto das cores dela, mas acho a estampa linda, a transparência bem da hora e, né, amo/sou kimono - esse era compridão e tinha as mangas classiconas de kimono, mas eu optei por encurtá-lo e deixá-lo assim, de bracinhos e sovaquinhos de fora (afinal, poliéster)

quarta, 3 de janeiro

resgatei o maiô que comprei por 25 michelzinhos na minha única visita à praia no ano de 2017 e lembrei que eu amo verde de paixão e que agora tenho essa calça pantalona magnificamente verde e voilà: um visu da horíssimo. então, migas, tem uma pantalona da hora, ou até mesmo uma pantacourt das muódas? pega o seu maiô cavadão nas costas e monta seu visu date: sensual e divertido e diferente e elegante de um jeito weird (o melhor jeito de ser elegante).

quinta, 4 de janeiro

tinha reservado o dia prumas tarefas burocráticas da vida (sacar fgts, xerocar documentos adultos, ir aos correios) e normalmente coloco qualquer roupa sem pensar muito pra esse tipo de tarefa. mas esse começo de ano tô na bad e roupa me faz bem, querer me vestir me faz bem, e ter escolhido esse tema tão da hora me incentivou a bolar um visu tranqs porém cool. essa calça aí comprei faz anos achando que com ela eu ia arrasar d+, mas aí cheguei em casa e nunca consegui usar: vestia e ficava me achando riponga demais, não sei explicar. mas a real é que ultimamente tô mega na vibe calça e tinha pouquíssimas calças que eu gostava, então além de ganhar a calça verde do visu anterior e comprar a calça branca do visu seguinte, decidi resgatar essa pantalona esquisita do limbo. tentei deixar ela menos hippie com a jaquetinha militar e a sandália pesada, qq vocês acharam? ainda não tenho certeza sobre esse visu nem sobre essa calça.

fun fact: essa jaquetinha militar foi comprada no bazar unibes, uns 5 anos atrás, e custou 9 reais. pra quem mora em sp, recomendo DEMAISSSS ir numa das lojas de roupa usada da unibes, os preços são ótimos, dá pra achar coisas bem legais e de quebra vocês estará contribuindo com uma instituição da hora que além de um monte de outras coisas legais também incentiva a produção de moda sustentável e consciente - foi na unibes que rolou a semana de moda sustentável, com marcas incríveis desfilando e muito debate legal.

sexta, 5 de janeiro

se você ainda não mergulhou de vez na volta do maiô de corpo inteiro e ainda tá na onda do biquini, também dá pra usar! gosto da ideia de combinar os maiôs e biquinis com calça porque dá uma equilibrada na sensualidade e na litoralidade do negócio, deixa mais cosmopolita, meio resort-chic e tal. então na quinta escolhi meu biquini gay - uma compra de camelô no rj uns 10 anos atrás, do mesmo dia em que comprei o biquini de bolinha que usei na terça - e por cima coloquei essa mistura de capoeira com manicômio, não sei direito. amay demais esse visu, foi com certeza meu favorito. me senti linda, sexy, chique, diferente e original, ou seja, TDB. fui tomar uma cerveja e várias amigas anônimas de fila de banheiro elogiaram minha roupa e eu fiquei me achando.

domingo, 6 de janeiro

mais umas cervejinhas, mais um maiô - o mesmo que usei na quarta (e na virada de ano!). dessa vez voltei pro meu velho flerte: a camisa amarrada como saia. essa camisa, eu confesso, foi uma compra de impulso. é da renner, eu tava tendo um dia (uma semana um mês um ano) péssimo e vizualizei essa estampa e xonei, gente. tipo amores breves de metrô, só que ao contrário do metrô que você se apaixona e a porta abre pessoa vai embora pra sempre, era uma camisa que podia ser minha em troca de algum dinheiro. e eu tinha algum dinheiro porque economizei tanto ano passado. BUM. foi minha última compra em dezembro antes de 2018 começar e com ele mais um ano sem comprar supérfluos. 
confesso que quis a camisa principalmente pra usar como saia, achei que ficou lindo o caimento (comprei tamanho M - se quiser usar uma camisa como saia sempre bom que seja uma camisa larguinha e grande) e as mangas são curtas mas bem fáceis de amarrar pra fechar a saia. massss acho que vou usá-la muito como camisa também - as cores não são minhas preferidas mas ultimamente tenho tido uma queda por rosa???? nunca usei rosa, gente, o que tá acontecendo, é a maldita e tenebrosa ~~tendência~~ se alojando no meu cérebro??? e fora isso a estampa é d+ e me lembra super o clipe de hard times do paramore e também uma imagens que eu via numas revistas velhas, anos 80 e 90, do meu pai quando eu era criança. meio nostálgico e meio zeitgeist ao mesmo tempo, quem poderia dizer isso de uma estampa, não é mesmo.

tcharam!

não sei o próximo tema ainda, gente, me ajudem?

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone YouTube
  • Black Pinterest Icon
  • Preto Ícone Tumblr
  • Preto Ícone Spotify

RECEBA A NEWSLETTER