• melody erlea

não existe met gala sem gêmeas olsen



passando aqui pra dizer que os ÚNICOS looks do met gala que importam são os de ashley e mary-kate, que nem sequer foram ao baile desse ano.⠀

mary-kate usou vintage em todas as edições do evento às quais compareceu - desde a primeirissima vez, em 2005, na sua fase boho de cabelo castanho (uma das minhas épocas preferidas 😭), lindíssima de vestido branco e colares vermelhos.⠀

ashley também usou vintage na maior parte das vezes, mas em algumas edições usou vestidos de coleções recentes - como em sua estréia no evento, em 2005, quando ela tava com um oscar de la renta novo.⠀

meus absolutos preferidos são os looks delas de 2013, ano em que o tema da festa "punk, do caos à alta costura" - elas interpretaram o tema de um jeito espetacular, as duas de vintage.⠀

ash com um vestido laranja que era uma LoUcUrA - um tubinho longo de mangas compridas envolto por um tule que se abria numa transparência mágica-psicodélica-sessentista. mk com um esplendoroso chanel vintage coberto por um robe de seda, e aí completou com trancinhas no cabelo, meio boho meio flapper; SOCORRO, eu AMO como essas duas misturam referências e reinterpretam a cultura pop toda! ⠀


e por que os looks delas são os ÚNICOS que valem a pena? porque elas são as únicas (ao meu ver) que tem uma admiração PROFUNDA por moda, pelas roupas, pela história e significado de cada coisa que elas vestem (por isso a preferência pelo vintage), sem querer o espetáculo do tapete vermelho, apenas porque elas AMAM usar aquelas roupas. ⠀


são roupas tão especiais, mas tão especiais, que as olsen não fazem nem questão de serem roupas necessariamente bonitas - até porque beleza é conformidade, e expressão autêntica é desarmônica, imprevisível, caótica. (acho que é por isso que os looks delas do tema punk me parecem se destacar, terem vida própria de tão originais, caóticos e interessantes).⠀

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo