top of page
  • Foto do escritormelody erlea

paco rabanne, o metalúrgico fashion futurista


conhecido como metalúrgico da moda, paco rabanne é um dos meus favoritos. contemporâneo de pierre cardin, ajudou a definir o conceito de moda futurista dos anos 60, imaginando uma moda robótica, retrô e sensual, livre de tecidos e envelopando o corpo humano em metal que ao mesmo tempo evocava o futuro e o passado.


sua primeira coleção, "12 vestidos experimentais", foi seguida de uma segunda chamada "12 vestidos investíveis", propondo a moda como ferramenta de intervenção artística, ao invés de como algo funcional e útil.



de suas muitas e muitas criações brilhantes, vou deixar aqui uma lembrança de 4 momentos que eu amo:


- a série de nus artísticos que ele fez junto ao fotógrafo jean clemmer - reunidas nos livros "nues" e "canned candies" (ou: docinhos enlatados);

- sua belíssima e sensualíssima parceria com jane birkin, uma das maiores fãs do estilista e simplesmente perfeita para essas roupas;

- sua colaboração com jacques fontaray para a criação do figurino de jande fonda em barbarella, de 1968;

- o vestido de audrey hepburn no filme two for the road, de 1967.



rabanne era totalmente revolucionário: não escondia o corpo feminino - pelo contrário, criava designs cujo foco era a anatomi a humana, ou que mostravam o corpo num por-entre-telas ao mesmo tempo sedutor e intocável.


mais um gênio que se vai e deixará saudade.


por último, coloquei de bônus uma foto do paco rabanne dos anos 60 que vi e fotografei na vitrine de um brechó em paris :3 não estava à venda 😭 tão perto e tão longe :~



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page