• melody erlea

um pequeno adeus à ronnie spector


queria deixar registrada aqui uma pequena homenagem a ronnie spector, grande voz das ronettes, que faleceu ontem.


com seu delineado gatinho - ao mesmo típico da época e transformado em algo único e original por ronnie - e seu cabelo beehive nas alturas, a cantora que foi uma das maiores inspirações sonoras e estéticas de amy winehouse - e também de tantas outras garotas, como eu, que encontraram na música ídolos, almas gêmeas, role models e inspirações.



cês sabem que eu também sou fissurada pelo delineado gatinho, e não é a toa: muitas das mulheres que eu mais admiro eram adeptas do eyeliner, ronnie entre elas 🖤


uma grande presença na cena londrina da british invasion, ronnie andava com os beatles e os stones (sem falar bowie, iggy pop e tantos outros) e namorou, por um breve período, john lennon. diz a lenda que quando os beatles estouraram nos eua, em 1964, e finalmente conheceram as ronettes, tanto elas quanto eles ficaram embasbacados de estarem à frente de seus ídolos.

eu lembro até hoje a primeira vez, na infância, que ouvi be my baby, que é um terremoto de música, um turbilhão de intrumentos, percussões, metais, cordas, e a voz de ronnie, acima de tudo, es-tar-re-ce-do-ra. eu lembro, com leve emoção, de quando um crush me gravou um cd, nossa versão da mix tape, em tempos pré-spotify, e o cd abria com be my baby, a música ideal pra jovens e intensas paixões.


ronnie spector se foi, mas sua voz é, de longe, muito mais forte e longeva que qualquer um dos meus relacionamentos.


¯\_(ツ)_/¯

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo