top of page
  • Foto do escritormelody erlea

A História Secreta da Beat Girl

[publicado originalmente na fresh people]


No fim da década de 1970, uma onda de revival do ska enfeitiçou a juventude inglesa - e um casal ilustrado se tornou símbolo do movimento: Walt Jabsco, o rapaz no logo da gravadora 2-Tone, e a Beat Girl, logo da banda de ska The Beat.


Enquanto a história de Jabsco é bem conhecida - foi inspirado numa foto de Peter Tosh, companheiro de Bob Marley nos The Wailers - a Beat Girl permaneceu anônima. O cartunista Hunt Emerson baseou o design numa foto que viu na revista Melody Maker, onde uma garota dança ao lado do músico jamaicano Prince Buster. A foto retrata a artista Brigitte Bond, cantora do selo Blue Beat Records - o mesmo que lançava Prince Buster e diversas bandas de ska na Inglaterra.


Brigitte era intrinsecamente conectada à música e ao ska - mas foi um escândalo com um nobre solteirão que a levou à sua primeira rodada de fama mundial, em 1965. Além de inspirar a Beat Girl no fim da década de 70, ela lançou seu próprio single em 65 e se apresentou em alguns dos primeiros clubes noturnos em Londres a receber bandas jovens de rock e ska nos anos 60. Foi assim que foi avistada por Sir John Waller, um nobre falido que imediatamente a pediu em casamento.


Brigitte aceitou, para alguns meses depois sair nos jornais ao redor do mundo, quando o noivado foi encerrado porque Sir Waller descobriu que a moça não poderia engravidar: Brigitte era uma mulher trans.


Com uma popular carreira nas cenas de contracultura, Brigitte Bond se apresentava como cantora e como dançarina de cabaré, foi modelo, atuou em diversos filmes produzidos na Espanha e Itália na década de 60 e 70, e foi, de muitas maneiras, uma figura disruptiva e revolucionária, usando sua presença e sua arte para advogar pela liberdade do corpo feminino.


Brigitte é uma das primeiras mulheres trans a impactar direta e profundamente a cena de música alternativa inglesa, e seu pioneirismo parecia ter sido apagado da história da cultura pop. Inspiração por trás de uma imagem icônica do ska 2-tone, a história de Brigitte foi compilada por Joanna Wallace (@missupsetter) num documentário disponível no YouTube.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page