• melody erlea

a cor dessa cidade soooou eeeeeeeu



depois das minhas férias de duas semaninhas nazoropa, voltei me sentindo super tropical super brasileira kkk e o 1o post que vi quando cheguei em casa foi um de daniela mercury cantando esse hit, no lindo vinil com a capa maravilhosa e inesquecível de uma luva de cada cor - um look tão icônico que ela segue repetindo em seus shows até hoje. e eu sei que no geral eu sou associada a um gosto mais ~róquenrou~, mas a real é que esse hit da dani, quando começa.... vish, eu sempre arrepio.



a arte de daniela mercury é fruto da maravilhosa eferverscência cultural de salvador, o grande centro urbano tropical, o vórtice em que as influências globais e nacionais da cultura pop se encontram e ressurgem como algo completamente novo, ainda que tipicamente e enraizadamente brasileiro, o lugar onde a antropofagia de oswald realmente acontece, o sonho modernista. ah, a bahia, o estado que nos deu raul seixas e luiz caldas, a tropicália e pitty, e que lá nos anos 80 e 90 tava criando seu lindo e mais novo bebê, o axé music, num limbo temporal fugaz pós-ditadura em que havia espaço de sobra pra se permitir ser feliz.



1a mulher a liderar um trio elétrico, única mulher branca a cantar no bloco ilê, e de tantos outros momentos históricos da música brasileira nos quais o nome de daniela mercury está assinado, só vou conseguir lembrar de alguns, marcados por algum motivo na minha cabeça. a fase na banda eva, que iniciou um estilo e uma estética sonora. sua 1a apresentação no vão do masp, em 1992, em que, sem saber de seu próprio sucesso, parou a av. paulista. o sucesso fenomenal de sua versão de swing da cor, cover de uma música que já fazia sucesso pelos carnavais, mas que dani elevou a um patamar de hino, começando a cantar a sonora e hipnotizante negativa, acompanhada da poderosa percussão do olodum: NÃO...! e a gente só diz assim: sim, daniela, sim, manda bala, não me desespere.



e não vou nem começar a falar dos luquinhos, da presença fashion dessa mulher, vou deixar os vídeos e as fotos falarem por si mesmas. os cachos, minha gente, os cachos de um milhão.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo