• melody erlea

gal&dino me deu alegria e azia



eu não digo que acredito em ~destino~, mas sim na inevitabilidade dos acontecimentos: que eu tenha tropeçado no desenho non-sense ~gal&dino~ no momento em que eu tava precisando justamente dele foi inevitável. ⠀

gal&dino não tem assim um roteiro primoroso, do tipo que a gente costuma admirar em animes, nem um estilo de animação belo e impressionante. é bem simples, beirando o infantil, ainda que trate de temas adultos. pra minha imaturidade inerente foi o desenho perfeito.⠀



a série acompanha o dia-a-dia de kaede, que acorda de ressaca uma manhã e encontra em seu apartamento o dinossauro que ela trouxe pra casa bêbada na noite anterior. eles passam a morar juntos e nos curtos episódios assistimos a pequenos momentos de sua rotina: sair pra fazer compras, passar o natal juntos, ir à locadora de filmes (coisa que descobri ser popular até hoje no japão) com direito a visita à seção +18 ~se é que vocês me entendem~⠀


o programa mistura formatos e estéticas, passando do anime clássico à animação 3d (parece as animações de massinha da minha infância, sdds pingu), incluindo momentos de live action (bons demais pra eu conseguir acreditar que tava assistindo tamanho tesouro).⠀


é non-sense, mas a gente se identifica porque é tão mundano ao mesmo tempo. além disso, o desenho brinca com certos clichês de anime, principalmente em alguns momentos que me parecem uma sátira a death note: um caderno misterioso nas mãos de um vilão hi-tech (que descobri ser aoi shouta, um cantor japonês pop super hypado) que muda completamente a vida e o destino do roommate que dino tinha antes de conhecer kaede. ⠀

o ponto alto (pra mim, a blogueirinha lariquenta): dino é fissurado viciado obcecado por cup noodles (ou lámen instantâneo), doidão mesmo.⠀


eu, influenciadora de araque, sendo muito mais infuenciável do que influenciante, não confirmo nem nego que passei uma semana comendo cup noodles depois de maratonar esse desenho, nem confirmo nem nego que sofri de azia crônica durante esse período.⠀

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo