• melody erlea

miss mundo alternativa, o evento camp pra toda família


já ouviu falar do miss mundo alternativa? é a versão menos engessada, patriarcal e antiquada dos concursos de beleza, aberta para todos, todas e todes independente de orientação sexual, gênero, etnia, idade ou origem.


criado pelo artista e joalheiro inglês andrew logan em 1972, a ideia é que, ao invés de um concurso de beleza, o evento seja uma festa promovendo transformação. inspirado nos concursos/exposições de cães (risos), no miss mundo alternativa todos os participantes são avaliados por 3 critérios: atitude, personalidade e originalidade.


o evento acontece até hoje, e a cada edição celebridades do mundo queer ou não participam, tanto como concorrentes ou apenas pra curtir a festa. alguns nomes notáveis que já compareceram são david hockney, angie bowie (sem o david, porque disseram que ele ia causar muito tumulto na entrada kkk), divine (que foi a host em 1978), vivienne westwood e brian eno.

cada participante cria seu personagem, figurino e se apresenta durante a noite, com ganhador no fim e tudo. tipo, imagina a drag race do ru paul, só que mais improvisada e menos palátavel pra tv.

as 1as edições foram mais caracterizadas pela ideia de contravenção, mas para a edição de 1978 andrew logan decidiu produzir também um documentário sobre o evento, o que deixou o concurso bem mais conhecido - obviamente houve muita gente escandalizada.

https://www.standard.co.uk/culture/theatre/andrew-logan-interview-alternative-miss-world-a3959821.html
Divine e Andrew Logan na edição de 1978

apesar de ser considerado, atualmente, um símbolo do movimento gay por ter criado o miss mundo alternativa, logan insiste que o evento não é exclusivamente gay, embora maravilhosas personalidades do mundo gay tenham participado. para logan, é uma festa onde se pode deixar a criatividade ir à loucura. o evento segue aberto pra todos e, de acordo com seu criador, é um evento familiar (embora lendas digam que nas primeiras edições, lá nos anos 70, tinha muita ação rolando embaixo das mesas enquanto as pessoas jantavam se é que vocês me entendem).


muito da vibe de festa hedonista passou depois dos anos 80, em parte por causa dos efeitos sociais da epidemia da aids, mas o concurso ainda acontece, agora de maneira mais oficializada no calendário londrino - se antigamente andrew fazia cada edição numa locação mais doida e esquisita que a outra, agora eles tem residência fixa no globe theatre. e até hoje, o que todos que participam da festa procuram é o clima de caos criativo e expressão pessoal que as fantasias, as personagens e a mistura de gente de todos os tipos proporciona.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo