• Marina Minassian

O Revival do Disney Bounding

há 10 meses atrás, a founder&CEO deste blog lançou a pergunta:

vc já ouviu falar de disney bounding?

e para instruir os desavisados (eu, inclusive) ela gravou essa lindeza de vídeo:



na sequência, o convite ao #repetecomdisney: usar roupas que já temos, para montar looks que remetam ou façam referência à personagens, objetos, cenários da disney.


achei a proposta - como todos os desafios que Melody cria - muito divertida. então saquei meu papel e caneta e, ˜personal organáizer˜ que soy, listei as ideias e ordenei a sequencia (o que não me poupou de finalizar a looonga sessão com uma montanha de roupas na cama).


fui surpreendida pelo quanto eu me diverti no processo.

eu não sei dizer qual foi a última vez que brinquei assim, de me vestir. e arrisco dizer que, com essa ousadia toda, mandando o filtrinho-moral-do-ridículo pastar, talvez tenha sido a primeira vez.


mas o processo terminou aí.

o motivo foi um misto de rebote do filtrinho-moral-do-ridículo com autosabotagem.


eu fui deixando passar o timing, até perdê-lo completamente e "poxa, não rolou".

e ao mesmo tempo julguei ser suficiente o que eu tinha me proposto.


quando eu ia brincar de Polly, eu já racionalizava bastante meus processos: roteirizava a trama, fazia o casting, produção de looks, cenografia e, já tendo uma experiência suficientemente divertida, parava por ali, guardava tudo organizadinho de volta em seus lugares sem as coitadas trocarem um simples diálogo (ou levar o poodlezinho no petshop).


olhando o copo meio cheio: agora as fotos, de menos de um ano atrás, são como uma viagem ao passado. muitas coisa mudou nesse período.


a parede cinza, se transformou em azul celeste e depois, não sei, porque mudei não só de apartamento, mas de cidade. e fico imaginando como muitos desses lukinhos ficariam em mim, agora com um cabelo bem curtinho & franjaless. muitas das peças, aliás, agora habitam outros guarda-roupas, já que no processo eu me desapeguei +qd+ (hola vitrine do Repassa).


antes que o desafio complete um ano, dou check nessa pendência. também como um lembrete, de experiências divertida - mesmo que individuais - são muito mais divertidas quando completas e compartilhadas. mas, principalmente, espero que essa brincadeirinha te traga algum vislumbre de inspiração e, se não for ambicionar demais, te convide a brincar também.


brincar é prioridade, não é alienação.

e a roupa é a pecinha de encaixar que temos ao nosso dispor...




a MulherElástica não foi uma grande ideia porque secretamente eu já me sentia a própria quando usava essa calça com esse casaco, láá em 2015. o que fiz aqui foi só o charminho da máscara. e pasme - o cabelinho ajudou d+ no conceito.



trapaceei. a própria Melody fez a Kim Possible mas fiz a criança mimada e lancei um TAMBEM QUERO porque eu seria um desperdício não usar essa calça pra isso, certo? e eu odeio desperdícios.



taí um look que eu já usava e essa brincadeira só me fez querer botá-lo em prática ainda mais (sem a botina e o bottom, claro, aí eu forcei). amo a EVA e Wall-E foi o filme que em 2008 me despertou pra toda cagada ambiental humana - coisa que nem o doc The Corporation fez.



Nemo eu forcei a barra, porque eu já tava com a calça (que eu amo e segue comigo desde 2012)... nem tava na lista. confesso que não usaria, na real já repassei a brusinha.



completamente pela zueira mas, tirando a fitinha do cabelo, olhei pra esse look com mt potencial. meu estilo não é nada romantiquinho assim, mas Marie me fez enxergar caminhos.



não é tendência nefelibata, mas tinha que ter Toy Story hehe sempre achei essa calça bem Jessie, então já fui bem enviesada nessa ideia. cê viu que camisa branca foi de Aristogatas pra Toy Story (e segura que ainda tem um Tim Burton). se isso não é versatilidade, meu amô......



a confissão é que essa brincadeira me fez empacar completamente com o uso dessa pantacourt, a partir do momento em que ela se tornou referência de Branca de Neve e Ursinho Pooh (spoiler, abaixo). efeito reverso do desafio ou só jogou luz no que eu tentava esconder? não faz meu estilo...



mas pelo menos rendeu esse look-quase-meme hahahaha (a brusinha herdei de uma amiga e as chinelas de caotimadre, mas não curto). mais um look que foi só pela zueira, saí do script, sorry Melzinha.



mentalize bem essa imagem porque talvez seja a última vez que você me veja em um look todo rosa... a brusinha tinha herdado de uma amiga e a calça foi presente. mas, veja bem, na sinceridade do pente fino da mudança, foram repassadas. Bela Adormecida, flw, vlw.



se ninguém pensa na Vanelope como ref de look, EU PENSO! fiquei muito apaixonada nessa personagem logo da primeira vez que assisti Wreck-it Ralph e ela logo me veio a cabeça. ambiciosa, doce e autêntica, um bug que me rendeu um lukinho que nunca tinha pensado!



sei que é manjado e até meio forçado mas eu nunca tinha me jogado num lukinho assim meio tomboy e eu amei, amei. foi uma experimentação gostosa, obrigada Jack.



Malévola é darkzera então já tinha meio caminho andado pra concretização. eu apenas nunca tinha me atentado que esse casaco (que comprei pra usar no infer, inverno do meu primeiro trabalho, em 2012) tem esse recorte que é muito bruxona. eu amei.



e pra finalizar bem mocinha e com o mantra que eu mais amo: lérigow, lérigowwwww. amo esse collant que guerreia comigo há mais de 10 anos e quando eu tiver a oportunidade, vou me lançar com essa pantalona siiiiim. grande descoberta. grandes descobertas também te aguardam aqui, nesse post belíssimo da Melzinha sobre Frozen 2!


bueno, finalizo reiterando a esperança de que essa brincadeirinha te traga algum vislumbre de inspiração (e de talvez repensar a compra de uma pantacourt-amarela-ursinho-Pooh).


se quiser descer pro parquinho e brincar com a gente, já sabesss: posta sua foto lá no instagram e marca @repeteroupa e #repetecomdisney pra gente ver. compartilhe da sua brincadeira :)

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo